Início > Oracle RAC, SO > Jumbo Frames

Jumbo Frames

Vou falar um pouco sobre Jumbo Frames: como sabemos o tamanho dos arquivos transmitidos em rede está cada vez maior, por isso otimizando a transferência de grandes quantidades de dados é importante, então vamos lá por default o limite de 1500 bytes para o conteúdo dos frames foi criado originalmente como parte das especificações do padrão, a idéia inicial era que frames muito grandes agravariam o problema das colisões, bom hoje em dia mudou muita coisa, evoluiu as tecnologias e o cabeamento, a velocidade das redes aumentou de 10 para 100, 1000 e para 10000 megabits e com a utilização de switches as colisões de pacotes deixaram de ser um problema. Bom para utiliza-lo, segue alguns cuidados:

– Apenas placas e switches Gigabit Ethernet suportam o uso de jumbo frames, de forma que eles são utilizáveis apenas em redes baseadas em equipamentos recentes.
– Nem todas as placas e switches oferecem suporte ao recurso, de forma que é necessário cuidado na hora da compra. Equipamentos que não suportam jumbo frames fazem com que os frames precisem ser retransmitidos ou fragmentados para atender ao limite de 1500 bytes. Com isso, forçar o uso de jumbo frames em uma rede mista acaba reduzindo o desempenho da rede em vez de aumentar.
– Como não existe um padrão oficial, problemas de compatibilidade entre produtos de diferentes fabricantes são comuns.
– O uso dos jumbo frames só oferece ganhos práticos durante as transferências de grandes arquivos.

Agora a pergunta qual MTU utilizar?
Por exemplo, se a placa de rede do Linux suportar MTU de 9000 bytes, o switch suportar 12000 bytes e o SAN suportar 10000 bytes, o MTU utilizado deve ser 9000 bytes

Bom agora citando o blog do Portilho(http://profissionaloracle.com.br/blogs/portilho/2010/08/09/seu-rac-esta-lento-ne/) como ele mesmo presenciou em ambiente Oracle RAC um ganho de performance e é interessante em implementar pois o padrão dos bloco Oracle é de 8k ou 8192 bytes, se por default ficar com 1500 bytes é necessário muitos frames enviados e recebidos pelo servidores para transmitir 1 bloco, por isso que é interessante em implementar em RAC porém em single instance não tem o porque de se implementar já que apenas resultados são enviados para a aplicação.

– Agora vamos implementar:

[root@hodb001vtr etc]# ip link list
1: lo: <LOOPBACK,UP,LOWER_UP> mtu 16436 qdisc noqueue state UNKNOWN
link/loopback 00:00:00:00:00:00 brd 00:00:00:00:00:00
2: eth0: <BROADCAST,MULTICAST,UP,LOWER_UP> mtu 1500 qdisc pfifo_fast state UNKNOWN qlen 1000
link/ether 00:0c:29:b3:63:e5 brd ff:ff:ff:ff:ff:ff
3: sit0: <NOARP> mtu 1480 qdisc noop state DOWN
link/sit 0.0.0.0 brd 0.0.0.0
[root@hodb001vtr etc]#

– Alterando o MTU, segue:

ifconfig eth0 mtu 9000

ou alterar os scripts de rede /etc/sysconfig/network-script/ifcfg-eth* adicionando “MTU 9000” no final do script

– Vamos checkar novamente ver se as configurações se efetivaram:

[root@hodb001vtr etc]# ip link list
1: lo: <LOOPBACK,UP,LOWER_UP> mtu 16436 qdisc noqueue state UNKNOWN
link/loopback 00:00:00:00:00:00 brd 00:00:00:00:00:00
2: eth0: <BROADCAST,MULTICAST,UP,LOWER_UP> mtu 9000 qdisc pfifo_fast state UNKNOWN qlen 1000
link/ether 00:0c:29:b3:63:e5 brd ff:ff:ff:ff:ff:ff
3: sit0: <NOARP> mtu 1480 qdisc noop state DOWN
link/sit 0.0.0.0 brd 0.0.0.0
[root@hodb001vtr etc]#

Bom é isso galera, apenas abordei pois é interessante ter facil em mãos quando precisa.
Abraço

Categorias:Oracle RAC, SO
  1. Róli
    11/05/2013 às 16:10

    Mito bom!Obrigada pelo conhecimento.

    Róli

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: